7 de agosto de 2012

Uma noite sozinha


Quantas pessoas já aproveitaram uma noite a sós.
Com certeza você aproveitou uma, daquelas em que todos saem e você pensa nossa não tem ninguém que eu possa convidar nem nenhum lugar pra ir, então você se sente em um universo diferente onde pode comer a comida que quiser o quanto quiser, ver o filme que quiser, jogar RPG, escrever, fazer literalmente aquilo que você nem sabia que ainda podia fazer.

Então uma ansiedade começa a se formar na boca do seu estomago e você vê um milhão de possibilidades faz tudo aquilo que queria fazer e ver e comer e então você pensa...
 Eu fiz tudo isso, mas algo está faltando...  Aquela pessoa que devia estar está aqui não está!
 E você não consegue comer toda a comida, o jogo cansa porque você não tem um grupo bom de RPG, e a série favorita não faz sentido se assistida sem alguém pra com partilhar...

Então começa a brotar uma dor no coração e acho que isso é muito mais incrível do que a sensação de poder fazer tudo o que quiser, porque a pessoa que não está aqui na verdade é tudo o que preciso, com ele eu posso fazer todas essa coisas todos os dias só que com um sorriso verdadeiro, e as vezes podemos discordar da melhor sena do filme ou brigarmos por não pensarmos igual, más a falta que você faz é mais do que uma emoção,

É como nossa conversa de ontem de manhã enquanto você dizia que queria que o tempo passasse mais rápido porque era segunda-feira, e eu falei que esperava não ver você daqui á 50 anos relembrar do passado e dizer que devia ter sido mais devagar que queria voltar no tempo!

Eu realmente gostaria de mudar a historia como as pessoas na bíblia, más parece que vivo uma vida tão corrida, parece que me dizem que tenho que fazer as coisas tão rápido e conquistar tudo tão depressa, que muitas vezes me esqueço de viver os pequenos detalhes dos meus dias...

Mas os meus dias não serão assim... Lembrar-me-ei de todos os dias em que me acordou com um beijo e um eu te amo, lembrar-me-ei de todos os cafés na cama e abraços, lembrarei das vezes que você sorriu e realmente esteve aqui comigo, eu não quero sentir saudades do que eu fiz, mas lembrar com um coração cheio de alegria uma vida da qual todos os meus dias valeram a pena...

 ...E você esteve em todos Eles porque eu nunca estive sozinha...

2 comentários:

  1. as vezes eu penso que a solidão tem vida própria, que começa pequena e cresce tomando conta de tudo que conhecemos, uma note sozinho as vezes é bom, mas estar só de verdade nunca é bom...

    Uma noite sozinho, fazer tudo que gostamos e queremos, é bom por que no fim da noite sempre lembramos o quanto é melhor fazer tudo isso ao lado daqueles que amamos...

    adorei o texto, como sempre...

    ResponderExcluir
  2. minha cunhada linda *--* ficou lindo><

    ResponderExcluir